BIO RAEL

Foto: Jorge Bispo

Foto: Jorge Bispo

 
 

biografia

Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no Jardim Iporanga, o cantor e MC Rael começou a construir sua história no rap com o grupo Pentagono, que se tornaria referência no rap nacional. Em 2010, lançou seu primeiro disco solo, "MP3 - Música Popular do Terceiro Mundo", com o qual teve a chance de rodar o Canadá em turnê. Em 2013 veio “Ainda Bem que Eu Segui as Batidas do Meu Coração”, o primeiro pelo selo Laboratório Fantasma, produzido pelo duo norte-americano K-Salaam & Beatnick. Depois de rodar o país com a turnê do álbum, teve a chance de se apresentar no lendário Joe’s Pub, em Nova York. A é casa conhecida por receber o primeiro show de Amy Winehouse nos EUA e nomes como Adele, Mos Def e Norah Jones. Em 2013 Rael também viu seu “Ainda Bem” indicado ao prêmio de melhor álbum de música compartilhada no Prêmio Multishow. Em 2014, colocou nas ruas o EP “Diversoficando”, em uma ação inédita: o trabalho foi disponibilizado para audição em muros de São Paulo e do Rio por meio de dispositivos instalados pelo próprio Rael. A iniciativa virou notícia de Norte a Sul do país, e o rapper entrou 2015 com “Envolvidão”, single do álbum, nas paradas das mais pedidas das rádios. Hoje, a faixa já passa dos 30 milhões de views no YouTube. Seu novo projeto, “Coisas do Meu Imaginário”, tem produção de Daniel Ganjaman e participações de Chico César, Ogi e Black Alien, entre outros.